Os mitos à volta da cozinha, apenas me desafiam a entrar num ambiente que sempre gostei. Comer é um prazer, um acto social. Gosto de experimentar novos sabores e novas formas de cozinhar. Recordo os cheiros e sabores da infância, assim como após as minhas viagens venho para casa tentar reproduzir ou adaptar pratos que provei de outras culturas. Ouse e surpreenda os seus convidados ou a si próprio. Cozinhe,... sem tabus!


Mostrar mensagens com a etiqueta Pinhão. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Pinhão. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 26 de Julho de 2011

Duo de Amêndoa e Pinhão



Um bolo para perfeitos gulosos. Amêndoa, pinhão e um ligeiro toque da farinha de alfarroba. A tudo isto uma calda de açúcar para o tornar bem húmido. Servi fresco cortado aos cubos e decorado com metades de cereja e pinhões/amêndoas laminadas.

Ingredientes:

6 ovos
275 gr. de açúcar mascavado (ou açúcar amarelo)
100 gr. de pinhões
150 gr. de amêndoa com casca
2 colheres de sopa de farinha de alfarroba bem cheias
5 colheres de sopa (cheias) de farinha de trigo
100 ml. de óleo alimentar
100 ml. de leite
1 colher de sobremesa de fermento

Para a calda:

300 gr. de açúcar branco
250 ml. de água
3 estrelas de anis


Preparação:

Triture (não em demasia para se sentirem uns bocadinhos) a amêndoa e o pinhão em separado. Reserve em dois recipientes. No pinhão junte a farinha de alfarroba e duas colheres de farinha de trigo. Na amêndoa ralada junte três colheres de farinha. Distribua metade do fermento nas duas porções. Reserve.

Bata o açúcar com as gemas. Adicione o óleo, bata mais um pouco e continue com o leite. Entretanto bata também as claras. Divida a massa em duas. Numa junte a mistura do pinhão e alfarroba e na outra a amêndoa. Divida as claras e duas partes de misture delicadamente em cada uma delas.

Forre um tabuleiro rectangular com papel vegetal e unte com manteiga ou spray. Deite as massas alternadamente ou uma e depois a outra por cima em fios. O objectivo é que se misturem ligeiramente como se de um bolo mármore se tratasse. Leve a cozer a 180º por 35 a 40 minutos.

A meio da cozedura do bolo inicie a calda de açúcar. Leve a lume médio a água e o açúcar com as estrelas de anis. Deixe reduzir até fazer uma calda, nem demasiado líquida nem grossa, ao arrefecer o açúcar fica sempre mais rijo.

Retire o bolo do forno e com a calda ainda morna espalhe por cima do bolo a toda a área do tabuleiro. Deixe repousar e arrefecer. Posteriormente corte em cubos que sirvam de porções, pode decorar com cerejas, pinhões e/ou amêndoas laminadas. Uma outra ideia é montar os cubos numa travessa em forma de pirâmide, cada um individualmente decorado.



As massas em separado (antes das claras) e depois no tabuleiro:





Related Posts with Thumbnails