Os mitos à volta da cozinha, apenas me desafiam a entrar num ambiente que sempre gostei. Comer é um prazer, um acto social. Gosto de experimentar novos sabores e novas formas de cozinhar. Recordo os cheiros e sabores da infância, assim como após as minhas viagens venho para casa tentar reproduzir ou adaptar pratos que provei de outras culturas. Ouse e surpreenda os seus convidados ou a si próprio. Cozinhe,... sem tabus!


segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Bolo "Mon Chérie"



Em honra dos bombons com o dito nome fiz um bolo em que a surpresa está lá dentro. O bolo é facilmente adaptável a vários tamanhos/quantidades, tudo depende dos ovos que usar.


Ingredientes:

4 ovos (ou mais se preferir um bolo maior)
o peso dos ovos em açúcar
o peso dos ovos em farinha
metade do peso dos ovos em manteiga
1 colher de chá cheia de fermento para bolos
12 bombons "Mon Chérie" (ou mais se preferir)
1 cálice de vinho Moscatel
3 colheres de sopa cheias de chocolate em pó


Preparação:

Bata bem as gemas com o açúcar, junte a manteiga amolecida e continue a bater. Adicione o cálice de vinho Moscatel e a farinha aos poucos. Tem tendência a ficar uma massa rija, se o achar em demasia junte um pouco de leite. Por fim adicione as claras em castelo.

Se for mais apressado(a), pode suprimir as claras e no início bater os ovos inteiros com o açúcar. O resultado final é similar.

Numa forma sem buraco, untada e polvilhada com farinha, deite metade da massa. Com um coador espalhe duas colheres de chocolate em pó por cima da massa. Deite com cuidado o resto da massa e alise. Disponha os 12 bombons por cima em dois círculos. Leve a cozer a 180º aproximadamente 40 minutos.

Os bombons irão desaparecer no meio da massa à medida que o bolo coze. Imagine agora a mistura de chocolate derretido com o licor que se libertou, algures estarão as cerejas no meio da massa,...uhmmm... O bolo foi feito no Sábado, no Domingo à noite só restava uma discreta fatia por "respeito", não sei bem a quê ou a quem?

Depois de frio e de desenformado decore com uma colher de chocolate em pó polvilhada através de um coador.

21 comentários:

  1. Esse bolo é muito tentador!
    Ficou bem bonito.

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. FICOU LINDO , GOSTAVA ERA DE TER VISTO POR DENTRO.
    BJS

    ResponderEliminar
  3. Que bolo tão original! Deve ficar mesmo uma delícia. E, se calhar, com uma colher de sopa de licor de ginja a juntar à massa, ainda deve ficar melhor. Vou experimentar.

    ResponderEliminar
  4. Também eu, queria ver uma foto do interior...

    Beijinho
    Maria

    ResponderEliminar
  5. Então com os meus bombons preferidos fica perfeito,bjokinhas Miguel ;-D

    ResponderEliminar
  6. Que pena não termos uma foto de uma fatiazita...
    Mas que deve ser bom ai isso deve!

    Bjokas,

    Rita

    ResponderEliminar
  7. Não conhecia este tipo de receita e achei fantástica!
    Parabéns e obrigado pela partilha.

    ResponderEliminar
  8. Que receita fantástica, pena que não temos oportunidade de ver o seu interior, é que fiquei curiosa com a tua descrição:)
    Beijinhos e boa semana;)

    ResponderEliminar
  9. Quem dera ver uma foto do interior... fiquei tão curiosa. Bem que podia fazer mais um bolinho e tirar uma foto do interior, por certo dos comensais lá de casa não se importavam.

    ana

    ResponderEliminar
  10. Calculo por dentro hummm, um bolo diferente sem dúvida, parabéns e obrigado por partilhares.

    Uma boa semana!!

    ResponderEliminar
  11. Não sou muito apreciadora do bombom, mas o bolo deve ser uma delicia!

    ResponderEliminar
  12. Que tentação! Para quem gosta dos bombons como eu, este bolo deve ser um atentado à linha
    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Adorei a ideia :)Cá em casa só eu é que gosto dos bombons, mas acho que em bolo toda a gente ia comer!

    ResponderEliminar
  14. Olá a todas, de facto não fiquei com a foto da fatia. O bolo cresceu-me mais do estava à espera e como os bombons eram só 12 não fica assim super cheio de chocolate. Não é que eu me importasse de ter atirado para lá duas caixas de 24!!!!

    Gisela, com jeito e contolo da gula uma fatia não é assim tanto uma bomba calórica. O problema é que às vezes não nos contolamos, não é?

    Catarina, o teu marido se não lhe contares o bolo come-se que nem ginjas. Ele é que ainda te há-de perguntar "este bolo é de Mon Chérie?".

    Luisa Alexandra e Belinhagulosa, ainda ponderei fazer menos massa e colocar numa tarteira, ou então dava para duas tartes. Talvez os bombons ficassem mais destacados? Decidi-me pelo bolo e fica para uma próxima experiência.

    Turbolenta, o licor de ginja acho que ficaria óptimo na mesma, eu usei Moscatel.

    ResponderEliminar
  15. bem mas por aqui fazem-se coisas estupendas! e onde andei que nao conhecia?? por aí obviamente . um chef na cozinha é outra coisa sem dúvida . e as fotos sao bem bonitas e só por si já se comia
    kis :=)

    ResponderEliminar
  16. Adoro as tuas receitas e este bolo deve ser uma delícia!! eu que adoro os mon chérri!Vou registar esta receita.

    Bjs

    ResponderEliminar
  17. caramba... mas que rico bolo!
    ficou fantástico e parece ser muito delicioso

    ResponderEliminar
  18. Nossa adorei o bolo, e o nome também hehe
    Muito bom!

    Grande beijo
    http://prendadagarota.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. eu nao sou grande fa destes bpmbons mas a minha mae ia adorar o bolo.
    esta bem bonito e deve ser bem tentador.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Este bolo deve ser uma delicia! Uma dia vou experimenta-lo. Gostei muito do seu blogue, vou segui-lo para acompanhar as óptimas novidades.
    Muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  21. qual e a medida de acucar e da farinha?

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails