Os mitos à volta da cozinha, apenas me desafiam a entrar num ambiente que sempre gostei. Comer é um prazer, um acto social. Gosto de experimentar novos sabores e novas formas de cozinhar. Recordo os cheiros e sabores da infância, assim como após as minhas viagens venho para casa tentar reproduzir ou adaptar pratos que provei de outras culturas. Ouse e surpreenda os seus convidados ou a si próprio. Cozinhe,... sem tabus!


quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

Cookies de Muesli



Adoro bolachas ou biscoitos que demorem a ser comidos, que tem de ser mastigados, saboreados até à última trincadela. Utilizei várias quantidades que li daqui e dali (sobretudo em sítios estrangeiros) e, apesar de terem ficado um pouco doces e talvez um pouco cozidos acima do ponto, estão saborosos na mesma. Hoje ao chegar a casa foi a primeira coisa que fiz: atirar-me a eles antes do jantar.




Ingredientes:

250 gr. de muesli de compra (previamente torrado, faça-o em casa)
50 gr. de açúcar branco
50 gr. de açúcar mascavado
100 gr. de manteiga amolecida
1/2 colher de chá de fermento para bolos
1 ovo
110 gr. de farinha integral
50 gr. de passas
1 colher de sopa de mel


Preparação:

Comece por torrar o muesli num tabuleiro de forno a 180º por 20 minutos. Mexa e envolva a cada 5 minutos. Se no final quiser os cookies com passas estaladiças e moles, torre também as passas da mistura de muesli. Se preferir retire todas as passas da mistura e torre só os cereais. Eu adicionei algumas nozes ao muesli já que não era muito rico em frutos secos. Deixe arrefecer o muesli torrado.

Bata a manteiga amolecida com o açúcar até obter um creme fofo. Junte o ovo inteiro e incorpore bem. Misture o muesli torrado com a farinha e o fermento. Junte à massa e adicione mais 50 gr. de sultanas. Envolva com uma colher-de-pau e por fim espalhe uma colher de sopa de mel. Volte a mexer.

Forre dois tabuleiros com papel vegetal. Pré-aqueça o forno a 180º. Molhe um dedo em óleo e esfregue nas palmas das mãos. Com uma colher retire um porção de massa e tente achatar entre as duas palmas das mãos. Alise e transfira para o tabuleiro. Deixe espaço de 2 cm entre cada cookie. A massa é pegajosa, pode parecer missão impossível fazer bolinhas mas, com um pouco de paciência chega-se lá.

Coza por 10 a 15 minutos. Retire do formo e deixe arrefecer sob uma grelha. Mesmo que ainda lhe pareçam moles, ao secarem ficam mais rijos. Tentei cozer os dois tabuleiros ao mesmo tempo, estiquei o tempo para 20 minutos o que acho que foi um pouco acima do ponto ideal.

Da próxima vou experimentar eliminar metade o açúcar, talvez o mascavado já que o mel é parecido.

Rendeu 16 big cookies. Ainda há 14, alguém me vem ajudar nesta tarefa de os fazer desaparecer?

10 comentários:

  1. vou ter que fazer Miguel andava á procura de uma coisa fixe deste género e acabei de encontrar,bjokinhass

    ResponderEliminar
  2. Estão bem bonitos e decerteza que mesmo mais crocantes se comem todinhos num instante!

    bjinho,

    Rita

    ResponderEliminar
  3. Ficaram muito bonitos, aposto que estão super crocantes. Mais uma vez uma receita à medida! beijos

    ResponderEliminar
  4. Que bom aspecto! Fazem lembrar umas que há no Lidl e que eu adoro...
    Teresa

    ResponderEliminar
  5. Bem, estão com um aspecto fabuloso, não me importava nada de comer um.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Estão realmente incriveis e irresistiveis, e tal como tu gosto de demorar a trincá-los e saboreá-los, já levo a receita parabéns!

    ResponderEliminar
  7. Ficaram fantásticos esses cookies, imagino o sabor e consistência
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. esta receita ficou na mira desde que a vi, tinha de experimentar e... ficaram de-li-ci-o-sas!

    ResponderEliminar
  9. nunca fiz cookies dest genero mas devem ser tao crocantes. so de ver da vontade de fazer:-)
    beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails